Açores From Sky!


Imagem

Açores vistos do céu proporciona uma viagem inédita e impressionante sobre os seiscentos quilómetros de oceano atlântico ao longo dos quais se distribui o arquipélago dos Açores.

Através de 150 imagens, registadas em voos de helicóptero em Agosto de 1997 e Março de 1998 fica o retrato apaixonado , destas nove ilhas vulcânicas descobertas e povoadas há pouco mais de 500 anos.

As fotografias de Filipe Jorge e os textos do jornalista António Valdemar desvendam mistérios e o carácter de uma paisagem única e empolgante; baías, praias, lagoas, flores, montanhas, vulcões, vilas e cidades de todos os 19 concelhos que constituem a Região Autónoma dos Açores são aqui representados no esplendor da sua natureza e revelam a riqueza do seu património.

Uma viagem inesquecível.

Vistas do céu, as nove ilhas dos Açores parecem uma só. Por largo e fundo que seja o mar que as separa, mais largo e mais fundo é aquele que as une: as rochas em que uma ilha acaba continuam-se nas rochas em que outra começa: as ilhas dos Açores estão ligadas pelas raízes, que se tocam no fundo do mar: e à superfície, vista do céu, cada ilha é uma resposta de outra.

Sabe-mo-lo agora: a história política dos Açores foi durante séculos uma história contra natura, separando pela administração aquilo que por natureza era e é unido: ilhas nascidas de vulcões que nunca morreram, dispostas em meandro à flor das águas, e habitadas por gentes que trocam olhares com as gentes da ilha da frente.

Durante séculos se quis esquecer que em todas as ilhas há crateras circulares no interior de picos, fajãs que escorrem pelas rochas do mar, centros urbanos plasmados ao desenho da terra, divisão geométrica de propriedade rural, sinfonia de verdes em terra e de azuis no mar, festas populares que apenas divergem enquanto variações sobre um mesmo tema.

As ilhas que estão unidas nas profundezas do mar, e que trocam olhares à rasante das águas, vistas do céu, são, mais do que parecem, uma ilha só repartida pelo mar.

Pelos céus desta magna ilha passou Filipe George; pelas fotografias que fez, discorreu António Valdemar; e do passeio de ambos nasceu este livro de maravilha – por onde agora se passeiam os nossos olhos. Como se tivessem no céu.

Porque às vezes é preciso sairmos de terra para perceber os Açores em todo o esplendor da sua diversidade e da sua unidade.

Carlos César

Presidente do governo regional dos Açores

Pretendo publicar fotos de cada uma das 9 ilhas dos Açores. Retiradas do próprio livro, este post irá sendo actualizado nos próximos tempos consoante disponibilidade…

Elaborado Por: Paulo Coelho

Fonte: o próprio Livro

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: