Paul Potts A Hitória de uma vida vai dar filme em Hollywood


 

PAUL POTTS

 

A história de Paul Potts, o mediático vencedor do concurso de talentos Britain’s Got Talent, vai ser transformada em filme, com Simon Cowell (júri do programa American Idol e manager de nomes como as Spice Girls) como produtor.

Antigo funcionário da Carphone Warehouse (retalhista de telemóveis para automóveis), Paul Potts transformou-se numa das mais improváveis estrelas televisivas dos últimos anos graças à sua interpretação de Nessun Dorma (ária da ópera Turandot, de Puccini). Agora – e de acordo com informações adiantadas pela revista americana Variety – a Paramount Pictures conseguiu os direitos para a adaptação da história da sua vida ao grande ecrã.

Em menos de quatro meses, viu a sua vida sofrer uma alteração abismal, ao surpreender o júri e o público do programa televisivo britânico “Britain’s Got Talent” ao ganhar o famoso concurso. Todavia, o prémio maior seria a projecção do seu talento numa escala inimaginável, lançando-o de forma meteórica no mundo discográfico, com o lançamento do seu álbum de estreia “One Chance” a 16 de Julho de 2007 (um mês após a vitória do concurso).

 


A baixa auto-estima e a assumida rigidez do cantor de ópera parecem ter sofrido, igualmente, algumas alterações, como se comprova na postura mais descontraída e confiante, aquando a sua aparição no programa matinal americano, “Today Show.

Simon Cowell, que depois de American Idol também foi júri em Britain’s Got Talent, foi abordado por um executivo de Hollywood cuja filha lhe tinha mostrado imagens da audição de Paul Potts alojadas no YouTube. O mesmo Cowell revelou à revista Variety que “surgem muitas propostas deste género, habitualmente sem grande interesse. Mas desta vez foi diferente”. Entre os argumentos apresentados pela Paramount Pictures para convencer o empresário esteve a descrição de um futuro filme sobre o cantor-revelação como “um novo Billy Elliot [filme de 2000, realizado por Stephen Daldry], uma história que todos vão querer conhecer e vão entender”.

Sobre o sucesso de Paull Potts, Simon Cowell lembrou que “esta participação no concurso televisivo era a sua última oportunidade e ele soube aproveitá-la da melhor forma”. Apesar do reconhecimento público que adquiriu, Paul Potts é, garante Cowell, “exactamente a mesma pessoa. A única diferença é que já teve oportunidade de arranjar os dentes”.

Potts, com 40 anos (nascido em Port Talbot, uma localidade no Sul do País de Gales), assinou um contrato de um milhão de libras com a editora de Cowell depois de ter vencido o Britain’s Got Talent. Só o seu álbum de estreia, One Chance, já vendeu mais de 4 milhões de cópias.

Será que em Portugal, vamos encontrar talentos como estes por descubrir, ou tudo não passará de uma manobra de sharing, e de desperdicio de dinheiro numa altura de crise….

 

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: