OS ÓSCARES


É a designação dada aos populares prémios atribuídos, desde 1927, pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Destinam-se a premiar os melhores títulos e individualidades nas respectivas categorias. Actualmente, existem vinte e três categorias, destinadas a distinguir os melhores: Filme, Realizador, Actor Principal, Actriz Principal, Actor Secundário, Actriz Secundária, Argumento Original, Argumento Adaptado, Filme de Animação, Direcção Artística, Fotografia, Som, Montagem, Canção Original, Banda Sonora, Efeitos Sonoros, Efeitos Visuais, Guarda-roupa, Maquilhagem, Filme Estrangeiro, Curta-metragem de Animação, Curta-metragem Documental e Longa-metragem Documental.

Os Óscares são dos prémios mais prestigiantes da Sétima Arte, criando sempre expectativa e muita especulação em torno dos candidatos. A Noite dos Óscares é alvo de transmissão televisiva em centenas de países, alcançando grandes audiências. A ideia da estatueta dourada surgiu no decurso de um jantar no Hotel Ambassador a 11 de Maio de 1927, uma semana depois da formação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. 36 Personalidades, entre actores, realizadores, produtores e argumentistas elegeram Louis B. Mayer como presidente e Douglas Fairbanks como vice-presidente. Foi este quem propôs a criação de um prémio que distinguisse os melhores trabalhadores da indústria cinematográfica.

Reza a tradição que o design do prémio foi criado por Cedric Gibbons, director artístico da Metro que moldou uma pequena estatueta representando um homem munido de uma espada sobre uma bobina com cinco orifícios que simbolizavam os principais sectores cinematográficos: produtores, realizadores, actores, argumentistas e técnicos.

O Óscar em si – cujo nome oficial é Prémio de Mérito da Academia – é uma pequena estatueta de 35 cm de altura pesando quase quatro quilogramas, feita de estanho folheado a ouro de catorze quilates, em forma de um cavaleiro sobre um pedestal no formato de um rolo de filme. O seu valor real é de cerca 200 dólares, mas o valor simbólico é incomensurável, pois pode atingir um valor astronómico. Num leilão, a estatueta ganha pela actriz inglesa Vivien Leigh em 1940, como melhor actriz pelo filme “E tudo o vento levou”, foi arrematada por 562 mil dólares.

No dia 16 de Maio de 1929, no Hotel Hollywood Roosevelt, numa cerimónia que durou pouco mais de 10 minutos, perante uma plateia de 250 convidados, foram entregues pela primeira vez os prémios que ainda não estavam baptizados. A designação Óscar foi aparentemente ideia da secretária de Louis B. Mayer que, ao olhar para o prémio, afirmara ter parecenças com o seu tio Óscar.

A primeira cerimónia destinou-se a premiar 12 categorias, algumas delas já extintas: Filme, Actor, Actriz, Realizador de Drama, Realizador de Comédia, Argumento Original, Argumento Adaptado, Quadros, Qualidade de Produção, Direcção Artística, Fotografia e Efeitos de Engenharia. Só em 1936 veio a ser criada a categoria destinada a premiar o Melhor Actor e Actriz Secundários. Ao longo do seu historial, houve categorias que tiveram vida efémera: Curta-metragem de Noticiário, Curta-metragem de Comédia, Curta-metragem de uma Bobina, Curta-metragem de Duas Bobinas, Curta-metragem a Cores, Assistente de Direcção, Coreografia, Fotografia a Preto e Branco, Direcção Artística a Preto e Branco, Banda Sonora Adaptada e mais recentemente Banda Sonora para Comédia.

A mais jovem vencedora de um Óscar foi a pequena Tatum O’Neal, filha do autor Ryan O’Neal, que aos dez anos recebeu o premio como actriz cooperante no filme Lua de Papel, de 1974.

Titanic, Ben Hur e O Senhor dos Anéis (O Regresso do Rei): são os filmes que mais Óscares conquistarem, com onze cada.

O único filme que teve o maior número de indicações para o Óscar num determinado ano mas não foi indicado para o de melhor filme, foi Dreamgirls (2007).

Na categoria de melhor filme de língua estrangeira apenas um país latino-americano conseguiu uma estatueta: a Argentina, com A História Oficial em 1986. A Itália e a França dividem a liderança nesta categoria: doze vitórias cada.

Em toda a história dos Óscares, houve apenas dois empates: em 1933 Wallace Beery (The Champ) e Fredric March (O Médico e o Monstro) dividiram o prémio de melhor actor. Em 1969 foi a vez de Barbra Streisand (Funny Girl) e Katharine Hepburn (O Leão no Inverno) dividirem o de melhor actriz.

No historial da Noite dos Óscares, existem muitos factos curiosos: em 1937, Alice Brady foi agraciada com o Prémio para Melhor Actriz Secundária pelo seu desempenho em In Old Chicago (O Incêndio de Chicago), mas como não estava presente para receber a distinção, um elemento do público levantou-se, agradeceu o prémio em nome da actriz e roubou-o. Em 1958, David Niven foi receber o seu Óscar para Melhor Actor visivelmente embriagado. Em 1972, Marlon Brando recusou receber o Óscar de Melhor Actor, enviando em seu lugar a actriz mexicana Maria Cruz, disfarçada de índia, como forma de protesto pelo tratamento dado aos nativos norte-americanos. Outro momento histórico foi em 1979, quando John Wayne, meses antes de ser vitimado por um cancro e já quando os seus colegas sabiam do seu estado de saúde, foi entregar o Óscar para Melhor Filme, afirmando que “tal como ele, o Óscar ainda iria sobreviver por muitos e bons anos”, num discurso que o fez ser aplaudido de pé. Inesquecíveis ficaram também as flexões de braços feitas pelo veterano Jack Palance quando recebeu o seu Óscar para Melhor Actor Secundário em 1991 e o beijo arrojado dado em 2002 por Adrien Brody a Halle Berry quando recebeu o seu Óscar.

Alguns dos maiores ícones da história do cinema jamais conseguiram ganhar um Óscar por um dos seus filmes. Os casos mais notáveis entre eles são os de Richard Burton, Stanley Kubrick, Alfred Hitchcock, Kirk Douglas que recebeu um Óscar honorário das mãos de seus filhos incluindo Michael Douglas em 1996 e até o génio Charles Chaplin, que também ganhou um honorário em 1972, aos 82 anos de idade.

ARTIGO ELABORADO POR

PAULO COELHO (“SÁ”)

Fonte

Enciclopédia Livre,

Diciopédia 2009

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: