MORRER NA PRAIA DO FUTURO


GUERRA & PAZ

A Guerra & Paz lançou no primeiro dia de Março Morrer na Praia do Futuro, o testemunho assinado por Luís Miguel Militão, que participou num macabro plano que, em 2001, resultou na morte de seis portugueses em Fortaleza, no Brasil.

«A 12 De Agosto de 2001: seis portugueses chegam a Fortaleza. Luís Miguel Militão recebe o grupo. Mas aquilo que pensavam ser o primeiro dia de umas férias de sonho transforma-se no último das suas vidas. O autor, português, 31 anos de idade, emigra para o Brasil em Fevereiro de 2001 para começar uma nova vida. Tudo corre mal. Um mês antes da chegada dos portugueses, cheio de dívidas e de cabeça perdida, Luís Miguel aceita colaborar no plano e na execução de um dos mais macabros crimes da história: atrair os seus compatriotas até à Praia do Futuro para que os restantes elementos os roubem e os matem, sem piedade. Este é o testemunho do homem que, nove anos depois conta na primeira pessoa, como tudo se passou.»

É um livro que reúne várias opiniões. Se bem que esta história seja horrível por si mesma, e se bem que tivéssemos vontade de poder fazer justiça, muita gente irá comprar este livro, ou pelo menos tem curiosidade em saber pormenores acerca dela. (eu tenho) por mais macabro que seja é tipicamente humano. Tenciono dar uma vista de olhos ao relato de Luís Miguel Militão. Se bem que ao adquirir-mos o livro o assassino irá lucrar com isso… e a única coisa que ele merecia era um destino idêntico ao das suas Vitimas, mas com    sofrimento Inigualável.

.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: