EU, BUDA


José Frèches

Através da mão e do talento de José Frèches, o Buda relata-nos pela primeira vez a sua vida…

Pensamos conhecer o Buda, mas conhecemos sobretudo o budismo. Ora na origem desta corrente de pensamento adoptada por centenas de milhões de indivíduos, está um homem.

Um pequeno indiano mimado, herdeiro de uma ilustre estirpe de guerreiros, nascido no século VI antes de Cristo, que cresce rodeado de carinho e de luxo, que aprende a caçar, que descobre o amor. Chama-se Siddharta Gautama.

Mas logo Siddharta toma consciência da realidade da vida na Índia: as castas, a miséria, a injustiça… E revolta-se contra a sua existência dourada, tão afastada da condição dos seus semelhantes.

Abandona então tudo, família, fortuna, criadagem. Vestido como um mendigo, parte ao encontro de outros homens. De dia para dia, vive contrariedades e aventuras, de inicio sozinho, depois acompanhado pelos discípulos mais inesperados, progredindo a pouco e pouco no caminho para o conhecimento.

O seu carisma e o discurso simultaneamente exigente e generoso perturbam aqueles que se cruzam com ele. E de repente, deste único homem nasce o budismo.

Com estas memórias imaginárias, José Frèches lava-nos à descoberta da verdadeira vida e das verdadeiras palavras do Buda, um ser apaixonante, comovente e, ao fim e ao cabo, tão próximo de nós.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: